OXIGENAÇÃO E EDUCAÇÃO EM DIREITOS HUMANOS NA FACULDADE DE DIREITO DE SOUSA – PARAÍBA: ANÁLISE DO PERFIL DOCENTE DO CURSO

EDUARDO PORDEUS SILVA

Resumo


Realiza-se o mapeamento da realidade acadêmica da Faculdade de Direito de Sousa na Paraíba. Ademais, propõe-se à reflexão crítica em torno da educação em e para os direitos humanos no ensino jurídico brasileiro. Há o estudo comparativo e a análise dos Projetos Pedagógicos do Curso de Direito da IES. Considera-se o marco normativo do Plano Pedagógico do Curso que foi aprovado e está vigente desde o ano de 2015. Concretamente, há a vivência em direitos humanos dos docentes e discentes, de modo a averiguar as possíveis influências em prol de novas práticas para o atuar profissional.


Palavras-chave


Direitos Humanos; Educação; Ensino Jurídico; Sousa.

Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL. Caderno de Educação em Direitos Humanos: Educação em direitos humanos - diretrizes nacionais. Brasília: Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República, 2013.

CARBONARI, Paulo César, Direitos Humanos: Diagnóstico de Concepções. In: Direitos Humanos: Sugestões Pedagógicas. 2. ed. Brasília; Passo Fundo: IFIBE, 2014.

CENTRO DE CIÊNCIAS JURIDICAS E SOCIAIS DA UFCG. Plano Pedagógico do Curso de Direito. 2013, Disponível em: http://www.ccjs.ufcg.edu.br/Documentos//Doc215Projeto%20Pedagogico%20do%20Curso%20de%20Direito.pdf

HERRERA FLORES, Joaquim. A re(invenção) dos direitos humanos. Florianópolis: Fundação Boiteux, 2009.

______. Direitos humanos, interculturalidade e racionalidade de resistência. Seqüência, Florianópolis, V. 23 n. 44, p. 9-29, 2002.

GARIN, Javier Adrian. Manual popular de derechos humanos. Buenos Aires: Ciccus, 2012.

GIL, Antonio C. Métodos e Técnicas de Pesquisa Social. 4. ed. São Paulo: Atlas, 1994.

GIL, Antonio C. Métodos e técnicas de pesquisa social. 5. ed. São Paulo: Atlas, 1999.

GODOY, A. S. Introdução à pesquisa qualitativa e suas possibilidades. Revista de Administração de Empresas - RAE, v. 35, n. 2, mar./abr. p. 57-63. São Paulo 1995.

GRUBBA, Leilane Serratine. A complexidade econômica dos direitos humanos: uma dimensão escondida do desenvolvimento humano. Espaço Jurídico, Chapecó, v. 14, p. 17-34, 2013.

LAKATOS, Eva Maria; MARCONI, Marina de Andrade. Metodologia do trabalho científico. 4.ed. São Paulo: Atlas, 1992.

LOPES, Reinaldo Lima. Direitos humanos no Brasil: compreensão teórica de sua história recente. Revista de informação legislativa, Brasília, a. 24, n. 95, p. 5-22, jul./set.1987.

MINAYO, Maria Cecília de Souza (org.). Pesquisa Social. Teoria, método e criatividade. 18. ed. Petrópolis: Vozes, 2001.

SILVEIRA, Rosa Godoy. Educação em direitos humanos e currículo. In: FLORES, Elio Chaves et all. (Org.). Educação em direitos humanos e educação para os direitos humanos. UFPB: João Pessoa, 2014, p. 81-94.

TOSI, Giuseppe. Direitos humanos como eixo articulador do ensino, da pesquisa e da extensão. In: ZENAIDE, Maria de Nazaré T.; et all. (Org.). A formação em direitos humanos na Universidade: ensino, pesquisa e extensão. João Pessoa: UFPB, 2006, p. 22-41.

ZENAIDE, Maria Nazaré. Educação em Direitos Humanos e Ensino Superior - A experiência da UFPB. Congresso Interamericano de Educação em Direitos Humanos. Brasília, 2006. Disponível em: http://www.dhnet.org.br/educar/1congresso/016_congresso_nazare_zenaide.pdf Acesso em 20 mar. 2016.




DOI: http://dx.doi.org/10.26668/IndexLawJournals/2525-9636/2017.v3i1.2064

##plugins.generic.alm.title##

##plugins.generic.alm.loading##

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.